Publicado por: Eliania Silva | quarta-feira agosto 13, 2008

Papel do Terapeuta Ocupacional junto à neonatologia no Maranhão

Os bebês que nasceram antes do tempo, abaixo do peso e do tamanho também têm movimentos e reflexos mais lentos. Uma maternidade pública de São Luís adotou terapias alternativas no tratamento dos bebês prematuros internados na UTI.

Um dos tratamentos envolve uma técnica similar ao ofurô japonês: a criança é colocada num balde, envolvida por uma fralda que reproduz os limites da placenta; a água morna, a 36 graus, substitui o líquido amniótico; o formato do balde faz com que o bebê fique numa posição que simula o útero materno. O relaxamento é imediato – muitas vezes o bebê até dorme durante o banho.

O banho é indicado para os recém-nascidos que já estão com mais de 1 quilo e que apresentem sinais de stress, irritação e alteração no sono. “Eles revivem o ambiente uterino, se acalmam, ficam mais tranqüilos. É o que a gente quer, que o bebê durma bem, para ele ganhar peso, para que o cérebro dele se estruture melhor e para que ele possa crescer bem”, explica a terapeuta ocupacional Thalita Padilha.

Hugo Emanuel nasceu de sete meses, pesando 1,65 quilos. Em 16 dias, ganhou 130 gramas – para alívio da dona de casa Érica Pinheiro, que acompanha o tratamento do filho. “É uma momento prazeroso, um momento bom, em que a gente sente a criança”, aprova a mãe. “É um cuidado muito especial que eles têm com meu filho e comigo”

Outra técnica terapêutica utlizada no tratamento de bebês prematuros é inspirada num costume bem brasileiro: uma rede, que garante o aconchego dos bebês nas incubadoras. As redes são utilizadas pelos bebês que não dependem de aparelhos para respirar. A forma como ele se aconchega também se parece com a posição na barriga da mãe.

O tratamento estimula os sentidos e amadurece os reflexos. “A gente usa a rede principalmente para auxiliar no desenvolvimento, que ficou deficiente por causa do nascimento prematuro”, explica a terapeuta ocupacional Ana Paula Girard.

 

Reportagem veiculada no jornal hoje – 17/06/2008

Anúncios

Responses

  1. Oi, tudo bem com vocês? eu sou estudante de Terapia Ocupacional da Universidade da Amazônia-UNAMA de Belém-Pa. Eu adorei, é excelente o trabalho de vocês. Eu irei fazer um trabalho sobre esse tema interessantissimo e gostaria de me basear nesse trabalho e ainda ter um certo contato com vocês… Obrigada, Abraços!!

    • Oi Bianca
      Obrigada pelo comentário e quero dizer que estou a disposição para ajudar no que for possível.
      Um dos objetivos desse blogéalém de falar da Terapia Ocupacional, manter contato com todos aqueles que desejam e claro se for relacionado a Terapia Ocupacional será ainda melhor.
      Abraços e acesse, responda, pergunte, …esteja a vontade.

  2. Trabalho maravilhoso da terapia ocupacional, pena que na maioria dos hospitais nao se tem essa oportunidade de desenvolvimento para os bebes.

    • Olá Natalia
      Realmente esse é um trabalho maravilhoso e que mostra um excelente resultado. Acredito que os hospitais , maternidades que não dão essa oportunidade para seus bebês, não tem ideia do beneficio que estão negando a esses bebes.

      • Olá Bom dia!
        Tem algum material que possa me mandar por email ou indicar sobre esse assunto, estou precisando urgente.
        Grata
        Jaqueline

  3. parabéns pelo trabalho, bom seria se todos os hospitais pudessem desenvolver trabalhos como estes para que se promova a qualidade de vida destas crianças e da familioa tambem que é parte essencial no tratamento.

    continuem com essa proposta maravilhosa…. por isso que cada vez mais em apixono pela Terapia Ocupacional, ja estou no 3° ano pela UEPA ( universidade do estado do pará) e ja nao vejo a hora de me tornar uma T.O de verdade e ajudar quem precisa, de forma humanizada e de um jeitinho bem T.O de ser ^^

    abraços!

  4. Olá, amei encontar essa reprtagem, pois estou no último período do curso e abraçando esta área de neonatologia inclusive fazendo um projeto para implantar o serviço da Terapia Ocupacional em alguns hospitais do Recife. Gostaria de pedir tua ajuda, se você puder me enviar materiais e orientações lhe agradeço muito. Além do que estou atrás do email de Socorro Maria de Castro que também é T.O do Maranhão, se você conhecer…
    meu email pra mantermos contato gicaio@hotmail.com

  5. Oi Eliania, eu fiz o meu trabalho baseado nesta reportagem e foi um sucesso, muito obrigada pela sua atenção e por favor publique mais novidades.. abraços!!

    • Bianca,
      Obrigado pela mensagem de incentivo.

      Conforme dito no início da conversa, a idéia central aqui é compartilhar conhecimento, notícias, eventos e criar um ponto de encontro multidisciplinar.
      Critique, opine, transforme isto num diálogo… entre e fique à vontade!
      Se quiser publicar seu trabalho neste blog, basta enviar-me.

  6. Muito interessante as técnicas utilizadas com bebes prematuros. Acredito que é uma intervenção fundamental e estruturante para a criança. Tenho orgulho de saber que um trabalho assim é desenvolvido por terapeutas ocupacionais, pois compartilho dessa profissão. Gostaria de entender e estudar esses procedimentos e técnicas. Se vocês, Ana Paula ou Thalita puderem entrar em contato, agradeço. Peço isso pois estou inserida num projeto de prevenção na primeira infancia que envolve prematuros. Muito obrigada e parabéns!

    • Vanessa,
      Entrarei em contato com a Ana Paula passando seu contato a ela.
      Quanto à Thalita, ela está de licença maternidade.

      Sucesso no seu projeto.
      Fico à disposição.

  7. Olá Eliania…gostaria de parabeniza-la pelo trabalho maravilhoso com os recem-nascidos…assisti a essa reportagem no dia em que passou na tv , fiquei encantada!!! Faço Enfermagem, na Federal de Juiz de Fora…e gosto muito da área de neonatal…e desde entao gostaria de realizar esse projeto na minha cidade, juntamente com a faculdade. Já procurei materiais sobre o assunto, e estou tendo dificuldade em achar, por ser uma coisa muito atual e inovadora. Queria muita uma ajuda de como encontrar materias sobre este assunto! Estou pensando até mesmo em visitar vcs aí…e quem sabe poder conhecer de perto esse trabalho!!!! Gostaria de manter contato com vc e com a Talita Padilha! Aguardei a resposta!
    Obrigada pela atenção!!!
    mais uma vez parabéns!!!!

    • Millianne
      fico feliz em receber sua menssagem, é uma área realmente interessante. Quem participou dessa reportagem com Talita foi uma professora da faculdade onde estou terminando meu curso de T. O., Ana paula, hoje ela está em Belém e Talita de licença maternidade, mas posso repassar sua menssagem para Ana Paula e ela entra em contato com você. Temos outras profissionais que desenvolvem esse mesmo trabalho, quando você vier aqui posso apresenta-las.
      Qualquer coisa estou a disposição.

      • Olá Eliania, tudo bem?

        Nós já no falamos por aqui uma vez…e gostaria muito de manter contato com vc e demais profissionais dessa área. Faço faculdade de Enfermagem na Universidade Federal de Juiz de Fora e me formo ano que vém…e gostaria de saber se tem como vc me enviar alguma referência do material que vcs utilizaram para dar início a esse trabalho, como ele surgiu e etc,gostaria de usá-lo para dar início ao meu TCC. Já tenho uma orientadora que é Prof. de saúde da criança e estamos muito enpenhadas!!!
        Ficaria muito feliz e grata…e vcs iriam contribuir muito para a minha formação.

        Aguardarei sua resposta!!!

        Abraços,

        Millianne Machado

  8. Oi Eliania….muito obrigada em responder!!!
    Gostaria muito que vc entao pudesse repassar essa msg para a Ana Paula! Ia ser muito importante manter contato, ate mesmo sobre onde eu consigo achar artigos ou materiais para o desenvolvimento do meu trabalho, pois estou com dificuldade em achar. Agradeço a atencao, e quando chegar o momento de ir aí..eu te aviso tudo bem?
    mais uma vez obrigada!
    Abraços

  9. ola adorei a reportagem de vcs, sou terapeuta ocupacional e gostaria de saber onde tem o curso de ofuro para crianças prematuras.
    grata pela atenção
    fernanda.
    fmendoncadacosta@hotmail.com

    • Olá Fernanda!
      Você esqueceu de dizer em que região você.
      Esse curso foi ministrado pela profª Ana Paula – da reportagem e que atualmente reside em Belém. Mas aprendi na faculdade com profª Ana Paula e profª Juliana, nas cadeiras de neo e de pediatria.
      Geralmente o curso ocorre nas jornadas das faculdades ou em eventos próprios de Terapia Ocupacional.
      Qualquer informação que você desejar, estou a disposição.

  10. olá, Eliana, achei esta matéria de crucial importância… principalmente porque estou estudando esta área, neonatal. Gostaria de saber se é possível você me repassar materiais que falem sobre a área neonatal. Me ajudaria bastante. Obrigada pelos seus post’s… eles nos ajudam bastante. Vou tentar fazer um trabalho baseado neste de vocês. =** Aguardo resposta!

    • Olá Raiza!
      Esse trabalho foi desenvolvido por duas Terapeutas Ocupacionais, sendo que uma delas foi minha profª e hoje não mora mais aqui.
      Eu tenho algum material, mas só poderia te repassar as referências porque no computador tenho pouca coisa.
      Conheço uma T. O. que trabalha nessa área, vou verificar se ela tem material para disponibilizar pra você.
      Até o fim de semana eu te envio uma resposta.
      Obriagada pelo comentário.
      Qualquer coisa, estou a disposição.

      • Obrigada Eliana, aguardo sua resposta.
        raizarocha6@gmail.com

  11. Oi Raiza!!
    Sou aluna de TO do nono periodo e estou estagiando em uma unidade neonatal em Betim- MG!! Aqui em Betim realizamos treino da AVD alimentação com nossos RNs, tem sido uma experiência maravilhosa, que me fez até mudar minha monografia para a área!! Porém não é fácil achar bibiografia da TO, se você tiver algo que possa contribuir para meu trabalho agradeço!!!
    Parabéns por divulgar nossa profissão tão lindamente!!
    Obrigada!!

  12. Olá, soou residentes de Terapia Ocupacional na area materno-infantil. Ficquei muito interessada com a técnica que as TOs vem desenvolvendo com os bebês prematuros. Gostaria de saber se existe algum curso de extensão(ou algo do tipo) para que possa desenvolver essa técnica aqui em Salvador? Poderia mandar um e-mail para contato(ou de Ana Paula ou Talita ou outra TO que atue na área)? Estou dispostas a viajar para aprender…enfim, se tiver como me enviar material agradeço!!!! Parabéns por divulgar nossa profissão e obrigadaaaaa!!!!!

    • Olá Sandra!
      Infelizmente não tem curso de extensão e o contato de das duas terapeutas não tenho como informar porque pedi permissão para elas e não recebi resposta, mas tem outra pessoa muito boa nessa área e vou falar com ela para que eu possa lhe repassar o e-mail dela e assim vocês trocarem informação.
      O seu desejo é comum e é uma área que precisa de atenção dos terapeutas ocupacionais. Tem um bom mercado de trabalho nessa área.
      Obrigada pelo comentário e logo que possivel lhe repasso o contato dessa terapeuta ocupacional (Juliana Bandeira).

  13. Muito obrigada Eliania!!!!!! Vou ficar no aguardo do contato dessa TO. Ela (Juliana Bandeira) atua aonde? É tão difícil achar material sobre o assunto…mais uma vez PARABÉNS pela iniciativa!!!!!!

  14. Olá Eliania, tudo bem?

    Nós já no falamos por aqui uma vez…e gostaria muito de manter contato com vc e demais profissionais dessa área. Faço faculdade de Enfermagem na Universidade Federal de Juiz de Fora e me formo ano que vém…e gostaria de saber se tem como vc me enviar alguma referência do material que vcs utilizaram para dar início a esse trabalho, como ele surgiu e etc,gostaria de usá-lo para dar início ao meu TCC. Já tenho uma orientadora que é Prof. de saúde da criança e estamos muito enpenhadas!!!
    Ficaria muito feliz e grata…e vcs iriam contribuir muito para a minha formação.

    Aguardarei sua resposta!!!

    Abraços,

    Millianne Machado

  15. Ola, sou terapeuta ocupacional estou fazendo pós na area de Reabilitação neuro funcional e acabei de passar pra residencia em Salvador. Queria parabeniza-la pelo trabalho… Amei… Tem como vc me enviar algum material ou indicar referência?
    Grata!

    • Olá Jessica!
      Parabéns pela residencia e pela especialização, é uma área muito interessante a que você está cursando.
      Eu perdi todo material que eu tinha quando meu computador teve que ser formatado, mas sobre referências vou procurar aqui e ve o que encontro. Encaminho direto para teu e-mail caso ache algo interessante.
      Obrigada pelo comentário e quero que saiba que o blog está disponivel para publicações, o seu conhecimento, seus trabalhos, você pode se tornar referencia para outras pessoas, então se tiver algo interessante para publicar é só enviar.
      Boa sorte na carreira profissional.

  16. Olá, Eliania, tudo nem?
    Meu nome é Thalita, sou fisioterapeuta em Belo Horizonte – MG. Estou acabando minha residência em neonatologia no hospital Sofia Feldman, não sei se vc já ouvi falar. O usa da rede e o banho de balde (que corresponde a técnica que vcs nomeiam como ofurô) são usadas por nós diariamente aqui tbm. Parabéns pela reportagem. Gostaria de pedir uma ajuda. Talvez mude agora no próximo ano pra São Luís e gostaria de saber como anda o mercado de trabalho aí em neonatologia. Há muitas UTIs neo em São Luís? E o salários? Se vc pudesse me dar algumas informações, ficaria muito grata. Obrigada!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: