Publicado por: Eliania Silva | segunda-feira junho 30, 2008

Acessibilidade

Dentre os diversos trabalhos desenvolvidos pela Terapia Ocupacional um dos que mais me agrada é trabalhar com acessibilidade (possibilidade e condição de alcance e entendimento para utilização com segurança e autonomia de edificações, espaço…) e adaptações (espaço, mobiliário…cujas características foram alteradas posteriormente para serem acessiveis).          

A Terapia Ocupacional se baseia na ABNT(Associação Brasileira de Normas Técnicas) NBR 9050 (Normas Brasileiras) que estabelece os critérios a serem observados durante o projeto, construção, instalação e adaptação de edificações e mobiliários…às condições de acessibilidade.

Não é só o Terapeuta Ocupacional que se baseia nessas normas, mas também todos os profissionais que estiverem envolvidos no projeto e construção como o engenheiro, desginer,… sendo que cada um atua na sua função específica.

Durante a cadeira de Dispositivo me foi solicitado um trabalho de acessibilidade em um bem púplico, o local escolhido para o trabalho foi A Casa do Maranhão por ser um local  que  representa muito bem parte da cultura maranhense e que tem um público diversificado.

image                                image                                           image

 

 

image

Breve H istórico : Casa do Maranhão                                             

A Casa do Maranhão foi inaugurada em março de 2002, na rua do Trapiche, com a proposta de ser uma vitrine das belezas existentes no Maranhão, inclusive com uma grande exposição da mais conhecida manifestação da cultura popular maranhense: o bumba-meu-boi.

Fluxo de visitantes da Casa do Maranhão

A Casa o Maranhão registrou no ano de 2005 um total de 45.536 visitantes com predominância de turistas, seguido de estudantes, pessoas da comunidade e visitantes de entidades. O fluxo de visitantes atingiu o percentual de 14 por cento, no mês de junho, seguido de 13 por cento no mês de setembro e agosto, chegando a 12 por cento no mês de outubro.

                                 image                                                                       (fonte:http://www.culturapopular.ma.gov.br/casadomaranhao.php )

Adaptações sugeridas:

•Elevador ou rampa para o segundo andar substituindo uma escada que foi colocada posterior à  construção da casa, auxuliaria às grávidas, idosos e cadeirantes; image     image

•Piso guia:  para auxiliar na locomoção de deficientes visuais, ele serve de guia e como alerta contra perigo, deveria ser colocada por exemplo próximo a entrada do elevador; image        image

•Corrimão e uma segunda barra nas escadas para axuliar as pessoas de baixa estatura, crianças e idosos;image

•Sinalização em braili, além dos criptogramas nas portas dos banheiros, elevadores e próximos às peças explicando a história, possibilitando que os deficientes visuais entendessem e soubessem o que tem naquele museu;

image  image  image  image

•Televisão narrando e explicando toda a história não só através das legendas, mas em libras para que os deficientes auditivos também pudessem participar;

•Piso antederrapante na escada;

Essas foram algumas das sugestões de adaptações para o projeto da  CASA DO MARANHÃO, mas são asdaptações que devem ser feitas em todos os locais permitindo a TODOS o acesso seguro e independente possibilitando o ir e vim daqueles que desejam e o Terapeuta Ocupacional faz um excelente trabalho nessa área, principalmente porque a "alma" da Terapia Ocupacional é promover a INDEPENDÊNCIA A TODOS.

Esse é um dos motivos pelo qual eu gosto tanto da prática de ADAPTAÇÃO, porque busca dar a todos independência, funcionalidade e permitir acesso seguro.

             image ELIANIA e amigas Val, Jessi e Cris.

Anúncios

Responses

  1. […] – bookmarked by 1 members originally found by rafa83 on 2008-07-26 Acessibilidade https://tocupacional.wordpress.com/2008/06/30/acessibilidade/ – bookmarked by 1 members originally […]

  2. Olá!
    Parabéns pelo seu trabalho! Estou cursando o 6°período do curso de Terapia Ocupacional, e meu TCC é justamente sobre Acessibilidade aos bens culturais. Se pudermos trocar algumas informações acerca do tema, será de grande valia para meu trabalho.
    Um abraço!

    • Olá Lucas!
      Será um prazer trocar informações com você, qualquer coisa é só falar e farei o possível para ajudar.
      Obrigada pelo comentário.

  3. Obrigado Eliania!
    Se você puder, me envie um e-mail(ou me passe o seu) para que possamos trocar informações.
    Desde já agradeço.
    Um grande abraço!

  4. Olá Eliania, ahei ótimo seu artigo, gostaria de saber mais sobre o assunto, sou Terapeuta Ocupacional e farei um trabalho nesta área e preciso de bibliografias, será que vc pode me ajudar? ficaria muito grata!
    um grande abraço!

    • Obrigada Luciana!
      Assim que possível lhe encaminharei algumas bibliografias.
      E precisando, é só entrar em contato.

      • Prezada colega, gostaria de apreciar seu trabalho da Casa Maranhão na íntegra, é possível? como já havia falado vou realizar uma interven;cão em um a secretaria aqui do meu Estado(Pará) para adaptar o ambiente de trabalho a uma sevidora cadeirante e com grande imita;ão de movimentos, atuo na área de saúde do trabalhador e este ‘será meu primeiro trabalho nesta área da acessibiidade, se puder me judar ( ou outro colega) ficarei grata!
        abraços!
        luciana.amorimto@yahoo.com.br


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: